Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

How Everything Changed?

How Everything Changed?

17
Jul17

Beija-me… Por favor #2

*é apenas algo fictício, início aqui*

 Lágrimas escorriam no meu rosto, enquanto fitava o horizonte, todas aquelas plantas e natureza, era o meu refugio era simplesmente tudo o que precisava para relaxar ou depois de uma discussão, antigamente vinha mais para aqui relaxar com ele a segurar-me a mão…

 *Notificação… Momentos depois*

 -Por favor, diz-me que me amas e eu sou a miúda que sempre foi, não quero mais saber deste blazer que envergo, diz-mo, por favor!- disse eu com lágrimas a escorrerem-me pelo rosto.

 -És quem eu mais amo! Volta…- houve um momento em que as nossas lágrimas o som delas a embater se conectaram, nós estaríamos sempre conectados fosse qual fosse o movimento, ou precisão característica dele…

 Rapidamente, mandei-lhe uma mensagem, com a minha morada, arrumei tudo o que precisava e entrei no seu carro, os nossos olhos cruzaram-se e os dois queríamos beijar-nos, abraçar-nos, mas ele simplesmente pôs-me a mão na minha perna e guiou-me até ao meu refugio ao sítio onde fomos mais felizes, neste momento, estava um pôr-do-sol, em que parecia que partia daquele lugar…

 Ele pegou na minha mão, rodeou a minha cintura no meu ventre e virou-se de frente para mim tocando nele, dizendo: “Eu juro-te vou cuidar desta criança, como a ti, ela é a tua escolha, saber ou não saber, podes não ter a mesma riqueza, mas juro que irei te dar muito mais amor…”

 “Não quero saber de nada disto, só quero o teu amor uma vez por todas! Por favor… Beija-me!”

 ***** (ele)

 Só queria ouvir aquela palavra, só queria novamente a sensação dos seus lábios a sufocarem os meus novamente, só a queria amar, outra vez com retribuição, ela era a pessoa que amava. Simplesmente pôs as mãos no seu rosto e delicadamente beijei-a novamente, mas com os lábios sedentos retribui-o e pegou no meu cabelo, eu pôs as suas pernas na minha cintura e só nós separamos quando ficamos sem folego, deitei-a delicadamente sobre o seu melhor refugio, ela fitou-o delicadamente e eu novamente fiquei a olhar para ela, era simplesmente tudo aquilo que eu queria para sempre.

Imagem relacionada

Beijinhos da Only one Girl

4 comentários

Comentar post

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D