Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

How Everything Changed?

How Everything Changed?

07
Fev17

Open... With the Suicide Girl ( Online Girl)

Hey everyone!

Hoje trago-vós mais uma vez a nossa rubrica mensal, Open...

Hoje trago-vós a Suicide Girl, que muitos devem conhecer mais por Online Girl a autora do blog I Am Not The Only One. Ela é uma rapariga fantástica e que escreve maravilhosamente bem...

Ela própria construi este texto lindíssimo, inspirado em duas músicas uma das minhas favoritas e uma da delas. Não sei se a ideia está muito boa, mas o texto está!

Eu estou presa, presa em todas as memórias que tivemos um dia juntos, simplesmente tento-me segurar no topo desta melodia finalizada. Memórias de tudo o que um dia foi nosso, de todos os nossos melhore momentos. As tuas mãos, o teu corpo, o teu calor que era tão quente quanto a linha do Equador, todo isto se foi. Desapareceu sem deixar rasto. Num instante, gotas de chuva se formam perto dos meus olhos, enquanto eu tento relembrar todos os nossos momentos. Mesmo que eu só respire, eu vejo-te, vejo a tua silhueta encarando-me com o brilho que costumavas ter nos teus olhos. Parece que até o amor verdadeiro que floresce como uma cerejeira facilmente cede ao vento, deixando todas as suas folhas, que contam história intermináveis, voar para o mais longe possível da vista de todos. Tudo isto foi como um sonho, um sonho onde eu era o sonhador mais intenso, aquele que absorvida cada movimento, cada palavras como se fosse a última coisa que eu ia ver ou ouvir.

Como dois fogos artíficio, nós queimamos, iluminando toas aquelas noites de luar ao som de uma simples melodia, nós queimamos deixando as cinzas espalhadas no chão, estás que são as únicas que permaneceram no final da nossa história de amor. Eu que está é a conclusão do grande livro que durante muito tempo narrou a história da nossa existência, contando todos os detalhes do nosso dia, mas é uma conclusão totalmente feita por ti, sem qualquer consentimento da minha parte, sem eu pelo menos ter revisado o texto que escolheste para terminar este longo e extenso livro de romance.

Desde então eu estou parada constantemente neste ponto da melodia que tentei escrever para ti, estou aqui pressionando o botão " repetir" milhares de vezes buscando imaginação para continuar está história com outra variável, tentando ocupar esta folha musical escrita.

Lembraste de todas aquelas noites de luar, contemplando o sorriso idiota que permanecia na cara de cada um?

Lembraste de todas aquelas promessas que me fizeste acompanhadas pelas mais lindas confissões que podia ouvir?

Parece que a promessa que fizemos juntos, desapareceu em algum lugar na tua mente, parece que não passaram de simples palavras ditas da boca para fora, sem ao menos terem um raciocínio lógico.

Tu tiraste as estrelas da minha noite, o sol do meu dia, o sorriso do meu rosto, deixando-me totalmente desamparada sem saber o que fazer. No final, só existem nuvens negras a pairar sobre a minha cabeça, deixando assim reinar uma tristeza obscura nos meus dias.

Eu olho para trás, hipnotizada por ti, como ainda podes estar na minha mente.

Eu sou uma simples idiota, tola, na esperança de uma chance, apeguei-me a um amor que já terminou. Revivendo todos aqueles momentos, mas, às vezes, é como se eu não conseguisse digerir o porquê de tudo isto ter acontecido. Como eu não consigo digerir, as minhas entranhas parece que vão explodir e fazer-me vomitar.

Na minha imaginação, nós discutimos, nos recompomos e tudo fica bem de novo. Os teus gestos com as mãos, os teus olhares tornam-se fracos, mas porque não desaparecem? Porquê? Diz-me agora que tudo acabou... Diz-me na cara o que se passou...

Deixa-me saber de todos os avanços desta história. Embora eu saiba que está tudo acabado, eu eu e tu já não somos um nós, e que os teus sentimentos por mim desapareceram, eu só quero saber... Apenas diz-me alguma coisa.

Os meus sentimentos estão tentando se segurar na marca deste período, por favor se tudo acabou para ti, deixa-me ao menos saber.

As respetivas músicas são Sopro ( minha) e Let me Know ( dela).

Espero que tenham gostado :)

Beijinhos da Only one Girl

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D