Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

How Everything Changed?

How Everything Changed?

20
Jul16

Se calhar nunca te podia dizer que te amei

Por que amar é uma coisa forte, uma coisa que quando não estás com a pessoa que gostas sentes uma muitíssima sensação de desconforto. Sentes que precisas de a beijar, de a abraçar, de coversar com ela... Eu nem sempre senti isto, nem com tanta nem tão pouca emoção. Mesmo quando estava opé dele, não sentia sempre a necessidade de falar com ele. Mas também só tenho 13 anos, como é que posso sentir algo tão profundo por alguém. Com tão pouca idade. É impossível. Não é amor. É algo que até ás vezes não percebo de onde a minha cabeça foi buscar, por que o coração não podia o sentir. É apenas uma emoção e não um sentimento forte. Na qual não valeu o tempo que " perdi". Já que são coisas na qual não são tão profundas.  Se calhar foi só uma atracção, algo que apenas seja um sentimento que não tenha sentido. Já que não aconteceu nada, ainda bem por que não era nada de algo que se pudesse sentir que podiam dizer palavras como " Amo-te", ou assim. Por que não mudemos dizer coisas, na qual não são verdadeiras. Mas mesmo que na hora não percebamos que não são verdadeiras, mas um dia vamos refletir e ver que erramos a dizer palavras que não foram verdadeiras. Se calhar não vamos só magoar ao outro, mas também a nós próprios. A pensar o tempo que estamos a fazer uma coisa na qual não é 100% verdadeira para nós próprios. É verdade, se calhar a 3 meses não imagina que a pessoa que está a dizer isto agora, era possível. Mas estava cega, com algo que não era Amor. Era  uma diferente emoção, que me fazia cega, estranha. Se calhar não ouvi alguns dos meus amigos, que me diziam para passar e pensar. Sim muitas das vezes, não pensei que pudesse estar a escrever isto e me senti-se livre. Não estava presa a ninguém que não gostava de mim, nunca andamos ou algo do género. Mas estava presa a uma emoção que não era realmente certa, forte o bastante para escrever coisas que não faziam sentido nenhum. Na qual andava presa. Todo era ou me parecia estranho, mas nunca acreditei que pudesse não ser. Mas a algum tempo, percebi que não podia ser, resisti a mim própria e percebi. Lutei se calhar contra mim própria, ou os meus sentimentos não sei. Sei que não era amor.

*quando estava a ver o post decidi fazer este post

Beijinhos da Only one Girl

11 comentários

Comentar post

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D