Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

How Everything Changed?

How Everything Changed?

21
Ago17

A minha perdição (...) As linhas da tua essência e alma escondida...

Vivias na ponta oposta da margem, mas estavámos mais que conectados, eras e sempre foste a minha perdição por entre as linhas da tua essência da tua alma escondida pelo teu corpo que tapavas. Apenas a tua cara se via, o sorriso aberto e luminoso, os olhos brilhantes que sempre se manteram e o teu cabelo puxado para trás. És linda, perdi-te por entre os sonhos que viajaram pela água límpida do oceano, do rio, os pensamento perderam-se sobre nós, o céu aponderava-se sobre a tua mente, tu viajavas pelo aquele telhado madeira que caía sobre a tua conexão com a luz luminosa que amavas, que pensavas e recordavas. Por aquele pôr do sol que se tornou a tua casa, eras tu e ele, nós sabíamos, a natureza corria te sobre as velas e as entranhas do teu ser. Queria recordar para sempre o teu sorriso, mas as nossas conexões perderam-se pela espessa natureza que se sobrepôs, por entre nós, e esquecemo-nos do nosso amor, da nossa amizade do que erámos...

Imagem relacionada

... E do que somos e seremos, relembrei-me de ti, 100 anos depois, 1000? Não sei mas eu sei bem que és tu, és tu que me lembras da nossa conexão perdida, que hoje novamente se conectou sobre os mares e oceanos, mas eu não consigo lembrar-me dos nossos momentos, do que se passou entre nós, lembro-me e sei bem que temos uma conexão forte sobre nós, parece que nós conhecemos a séculos, que somos eu e tu a mil anos, que nascemos pela conexão, pela natureza. Sobre os horizontes estrelados, tu e eu estavamos destinados a que o Sol e a Lua se abraçassem sobre nós. A convicção da natureza abençou-nos e reencontrou sobre aquelas ruas estreitas da antiga Lisboa. Os passos tiveram um poder sobrenatural e os nossos lábios estavam um sobre o outro, criando uma harmonia quente sobre o gélido Inverno de Lisboa. 

Resultado de imagem para fotos antigas tumblr namorados

Não sei se gostaram de post, digam me o que acharam, não sei se está com sentido ou não, mesmo...

Beijinhos da Only one Girl

19
Ago17

Review: Filmes que ando a ver #3 (dedicado a Harry Potter)

Olá :)

Hoje trago-vos mais um post, aqui desta rubrica, dedicado a mais dois filmes do Harry Potter. Adoro mesmo fazer estes post's, porque adoro ver Harry Potter sem dúvida estou a adorar esta saga sem dúvida, mas vamos lá: *spoleir*

3# Harry Potter e o Prisioneiro de Azkban

3.jpg

 Neste filme é o terceiro ano de Harry em Hogwarts, mas antes disso em todas as notícias e jornais aparece que o Prisioneiro de Azkban fugiu da prisão, logo daí aparece o vilão e o perigo que todos achamos neste filme. Harry conhece o novo professor contra a magia das trevas, que acho que vai ser sempre o vilão, ganhando o como amigo. Logo do princípio vai haver algo estranho o súbdito assunto de lobisomens e animalius sobre este professor não dar esta matéria. Mas logo todos acham que este prisioneiro, Sirius é seguidor do Voldermort, mas ele revela-se apenas ser padrinho do Harry e que lhe vai proteger. E sim o ratinho do Roan é que se vai tornar seguidor de Voldemort. Eles vão descobrir tudo isso numa noite, mas Dlumbedor vai dar uma chance de Harry como Hermoine converterem o passado e não matarem tantos inocentes o que vai ser uma missão completamente sucedida. 

Acho que basicamente é isto neste filme, não foi de todo o meu favorito mas gostei muito como sempre.

 

4# Harry Potter e o Calice do Fogo

4.jpg

 Hogwarts vai ser a escola anfritiã de um troneiro entre três escolas, um torneiro lendário. Mas antes disso Harry sonha com uma passagem estranha, com Voldemort o rato de Roan em homem e um outro homem que desconhece. Ele não sabe o que significa ao certo, mas vai esquecer. Na taça mundial de Quidditch vai conhecer Cédric, mas que vai ser interrompida pelo que mais tarde vai saber ser o Voldemort.

Algo de estranho acontece com o nome de Harry no torneiro, já que só pode haver três, mas vai ser um pouco ignorado, com isto vem o baile de inverno que achei ser algo absolutamente lindo. Mesmo! 

Vamos tirar um segundo para apreciar os momentos lindos que acontecem entre o Harry e a Hermoine, mas o Roan também fica com uns ciúmes do Krum que meu Deus, também é normal...

As provas começam sem muito alarido, mas quando chega a terceira prova, no labirinto até chegarem (Harry e Cedric) ao labirinto tudo parece normal, mas quando os dois tocam na taça parece que estão num mundo distinto, onde um rato de Roan vai "ressuscitar" Voldermort e ele ameaça Harry e mata com o seu feitiço Cédric, uma morte muito estranha. Eu não acreditei mesmo, mas depois tive de acreditar... E vai tentar matar Harry, mas como a sua força e dos pais e de Cédric ele vai vencer Voldemort.

Vemos neste filme que o pai do Malfoy não é nada de bom e é tudo o que eu suspeitava...

E depois acho, eu não percebi bem está parte se realmente ganhou a taça. Vemos também que o professor de arte das trevas foi quem guiou e fez com que o Harry fosse para a taça e era apoiante de voldemort. 

Neste filme, vemos que os próximos filmes ainda vão ser mais sombrios, com Voldemort a solta...

Bem espero que tenham gostado deste post, podem esperar por mais um :)

Beijinhos da Only one Girl

18
Ago17

Ambições #2

Respira fundo, sente todo o teu ar a concentrar-se no diagrafama e inspira, quando simplesmente já é demasiado expira o lentamente e conscientemente, caminho sobre o chão, a areia o que naquele momento te sustenta. Nunca te esqueças que tens apenas de controlar as tuas respirações, para tudo ficar bem, para te acalmares. Esta é uma das minhas ambições.

Vida, como podemos descrever uma vida, se simplesmente em poucos meses ela muda tanto, se tantos passos se calhar mal dados foram parar onde estamos neste momento. Sei de alguma coisa, eu não podia ter feito tudo mal, eu ainda sou eu! Eu sei disso, mesmo que não achem, eu sou-o, eu sinto a minha essencia aqui dentro como quando respiro todos os dias, escrevo ou desenho. Sou completamente, sem muitas mascaras ou palavras dificeis. Há um ano escrevi este texto, tudo na minha vida está diferente, não sei se escrevo melhor ou pior, se sou uma pessoa diferente. Mas sou o que sou, não posso simplesmente o mudar, não posso simplesmente desaparecer daqui e voar pelos longos céus, ouvir as melodias do ar, do vento, do mar a chegarem aos meus ouvidos. Tantas vezes simplesmente esqueçemo-nos de sonhar, do que somos. Eu esqueci-me é verdade, esqueci-me da forma como escrevia o que era, não sei se ela pode voltar, eu mudei, Lamento. 

Quero acordar simplesmente, mirar o céu, e dizer eu estou bem, e a partir de hoje vai ficar tudo bem. Ver o sol a absorver-me a dar-me energia todos os dias para me levantar, para ser o que sou. Conectação a natureza, ao que somos, sentir as vibrações da terra, os grãos da areia a desaparecerem lentamento ou rapidamente por entre as nossas mãos. Sonhar outra vez.

Eu sei, este ano tenho uma decisão importante a fazer, o que escolher? Milhares de pessoas se vão questionar isso, mil sonhos governam a minha mente, mas até lá, são só sonhos, tenho apenas de lutar por eles e tudo ficará bem.

E pensar, mesmo que eu perca a minha luz, o sol iluminar-me todos os dias, eu estarei aqui e alguém há de iluminar, tenho de ser o que sou, e irei conseguir ultrapassar tudo.

*Eu sei que foi apenas me humilhar, que a minha escrita antigamente era muito melhor, mas eu queria deixar aqui um update, pode ser isto, de tudo. O que sinto, o que vivo, como recordei aquele texto senti que o devia fazer, espero que tenham gostado*

Resultado de imagem para sonhos tumblr pessoas

Beijinhos da Only one Girl

 

16
Ago17

Mas estava condenado, a escuridão, a dor...

Vi-te, tudo em mim se conectou, mas parece... Parece que alguém mais entrou em mim, que fazia dor, que me fazia estar repleto de preto. Queria me aproximar de ti... Mas estava condenado, a escuridão, a dor, estava preso no meu corpo, porque outro algúem estava a aponderar-se dele... Eu queria te amar, queria estar contigo, não me julgues!

Sei que tudo mudou, que eu errei, eu devia... Eu deixei-te num sofrimento horrível, mas percebe-me tu sabes que a escrita é a única forma de eu sair da prisão, da condenação, perdoa-me. Eu não te posso fazer mal, não tem posso inundar com escuridão, medo, és a luz, e se nós dois nos complementarmos... Tu vais te tornar o mal.

O mundo vai ser mal, e eu consigo apenas suportar isto, consigo suportar tudo. O mundo apenas tem de estar livre da essência que me percorre as veias, a minha alma está perdida, por entre as imensidões, do meu ser, do corpo que chamava meu, desculpa... Eu não sei como me tornei o mal, já não sei, sempre me protegeste com os teus braços, com os teus lábios e beijos. Mas eu perdi-me no amor, na luz, e foi parar a um túnel escuro, que está me a tapar os olhos. Eu não consigo ver, não consigo buscar ajuda, não consigo ir a luz. Ajuda-me!

Eras a minha luz, será que o meu destino estava condenado a escuridão? Eu não quero, se sabias porque apaixonaste-te por mim? Eu podia matar-te! Com o poder maligno, eu só te quero escrever, para sempre, mas tu ainda... Tu ainda gostas de mim... Ou o bem arranjou-te outro bem? Outra força certa, que não bate, já não é o suficiciente, ás vezes o esforço não é tudo, ás vezes estamos simplesmente condenados. A uma vida maligna, que uma força se apondere de mim, do meu corpo, e a minha alma seja uma miniatura em relação a força que em mim habita...

Mas eu amo-te, juro-te amar até que alguém consiga-me guiar para luz e até depois disso. 

art, hand, and prison image

Beijinhos da Only one Girl

14
Ago17

My favourite Song's- Summer #2

Olá :)

Hoje venho trazer-vos mais um post com algumas músicas que tenho ouvido muito e acho que são absolutamente lindas, então vamos lá começar:

 Está música é da Alessia Cara, como sabem eu já vi o filme da Moana e quando o vi fiquei completamente viciada novamente neste música, já tinha viciado quando ela saiu. E acho que ela é absolutamente linda, e transpõe uma harmonia a pessoa que a ouve que adoro, como também tem um significado, muito sobre a natureza e o destino e está linda a conjugação.

 Acho que toda a gente conhece está música, do Shawn Mendes, acho que toda a gente incluindo eu decoramos a letra da música, antes de sair o videoclip e o videoclip está qualquer coisa de maravilhosa. Concordam comigo? E como todas as músicas do Shawn nem se fala do significado da música, sem dúvida é lindo!

 Uma música, que é da Tini, da minha Tini que eu adoro, e está música conheci graças a Maria, obrigado :) Acho que o significado é absolutamente lindo, ao que me parece é para um filme da Disney por isso também nao era de esperar. E a Tini está linda neste videoclip mesmo e o filme, os pedaços que apareceram parece me óptimo.

 A música da Camila, comecei a ouvi-la por causa da Maria também e acho que é uma música super original. Porque tanto está mais calma como mais para o rock e acho que a mistura ficou absolutamente incrível, acho impossível ninguém ainda a ter ouvido. Ela passa a toda a hora na rádio, foi aí que a conheci.

 Está música comecei a ouvi-la mais por causa da minha irmã, ela até gastava o nome a música, mas acho que é uma música muito original e afirmativa. A Haille tem um poder enorme e adoro-a, trás sempre músicas lindas, mesmo! E a música é super poderosa.

 

Pronto foi este o post, gostam mais de qual destas músicas? Indentificam-se com o significado de alguma? Qual é a vossa favorita?

Beijinhos da Only one Girl

11
Ago17

Review: Filmes que ando a ver #2 (dedicado a Harry Potter)

Olá :)

Hoje trago-vos mais um post, aqui desta rubrica, dedicado a dois filmes do Harry Potter, os dois primeiros, tinha dito que gostava de ver num post " Verão..." e comecei a ver a saga, e tenho a dizer que amei-a tanto mas tanto... Mas vamos lá começar: *spoleir*

1# Harry Potter e a Pedra Filosofal:

one harry potter.jpg

 Este filme, como o segundo começa com o Harry na casa dos seus tios, que são uns brutos para ele e só dao atenção ao filho perfeito. Basicamente só cuidam do Harry ( e mal) porque os pais morreram. Ele começa a receber algumas cartas de Hogwarts, que são sempre rejeitadas pelos tios, e há um dia onde o Harry consegue uma e percebe tudo a cerca do que ás vezes lhe acontece. Depois começa todo o enredo sobre a entrada na escola, as pessoas que lá estão e os professores. Tenho a dizer que desconfiei logo muito deste professor Snape ao início mas ele nem fez nada, quem fez foi sim o que achava o "bom". A Hermonie, mesmo não sendo feiticeira de sangue puro, adorei-a acho que ela é super inteligente e empenhada e adoro está qualidade nas pessoas. A história começa toda a acontecer, eles percebem que o Voldemort ainda está vivo e que tem de o combater. Mesmo que isso implique destruir uma das pedras mais importantes da história da magia, a pedra filosofal e que também seja siginifcado de matar o corpo que o Voldemort habitava. Eu odeio de morte este Voldemort, e acho que o Harry tem um potencial ainda maior que os pais. Adorei a parte onde ele foi nomeado Skeer's e o Malyfoy ficou cheio de ciúmes. Odeio muito este rapazinho. E um dos meus professores favoritos sem ser o Hagrid, que acho que toda a gente adora é o diretor. Acho que aquela escola é incrível.

 

Chamber_of_Secrets.jpg

 Neste filme vemos o Harry um ano depois de entrar em Hogwarts, na casa dos tios. A novamente ser super mal tratado, e com um aviso que o Harry ignorou do Dobby, um doende que eu adoro, acho super querido! *Concordam comigo?* A melhor parte é quando ele diz, "dobby está livre", que fofura. Neste novo ano, há um outro obstacúlo que tem de combater, a câmara dos segredos e juntamente com a reputação do Harry. Ele logo ao inicío enquanto lutava com o Malfoy, falou serpentês e acho que toda a gente supõe que falar serpêntes não é uma boa coisa. Depois juntamente com todos os acontecimentos, que aparecia o Harry ligada, alunos petrificados, animais. Hermoine, Ron e Harry fazem uma poção para descobrir mais sobre o que o Malfoy sabe. A Hermoine, antes de ser pretificada, descobre que o monstro que habita na câmara dos segredos é uma serpente, Capitolio, na qual eles consegue conectar tudo melhor. Achando o lugar onde é a câamara, o Harry teve uma luta enorme, mas conseguiu matar a serpente, e o Voldemort, que estava nesta história novamente. Que ele próprio o tentou derrotar, mas não foi capaz. E matou-o novamente, pensam que matou, porque o diretor logo o diz. O dobby sempre o tentou proteger. O Harry nos últimos momentos do filme libertou o Dobby da escravidão. Acho que no terceiro filme vamos ver o pai do Malfoy muito ligado ao Voldemort, por todos os acontecimentos que se sucederam em relação a ele e conectações. Mais de uma vez adorei a Hermoine e o Ron, mas ela fica bem é com o Harry! Lindos. Mas acho que a minha personagem favorita neste filme é o Dobby. O hagrid também desempenhou um papel óptimo, foi muito amigo do trio maravilha :D

 

Está foi a minha opinião dos dois primeiros filmes, acho que já perceberam que amei, podem esperar sem dúvida. De uma continuação deste post's, porque quero muito acabar esta saga.

Já viram estes filmes? O que acharam? Já leram?

Beijinhos da Only one Girl

 

10
Ago17

Sentimento

*Não se esqueçam que há um Q&A no blog, quem quiser participar vá a este post, muito obrigado :)* 

Senti-te, o ar envolveu-me, transformou-me, algo no teu toque fez crescer algo em mim, não me conseguia mexer, a dor sufocava-me, enquanto algo nas minhas costas cortavam-me a carne, os sentimentos todos viajam em mim, todas as emoções intensificavam-se mais a cada gota de sangue se perdia pelas entranhas do chão que me soportava. Só queria arquear as costas e estancar todo o sangue que me parecia matar. Mas estava simplesmente abraçada aos meus joelhos porque nada mais era capaz de fazer, parece que algo naquele me imobilizava, eu sentia que não ia morrer.

Que o amor que sentia por ele, não me ia deixar morrer, que ele não me ia deixar morrer, mas a cada vez mais que aquelas coisas nas minhas costas cresciam eu tentava gritar, berrar algo, mas parecia que estava sob um escudo que alguém construi-o para mim. Só queria fugir, mas sentia que a dor começara a aliviar cada vez mais, que as dores estavam a melhorar. Mesmo sendo completamente doloroso, nunca ninguém fala de como os anjos ganham as asas, se é doloroso ou não. Mas simplesmente, parece que é um fonte, algo demasiado forte para se aguentar que atravessa as vossas costas e penetra cada mm de pele aplicando penas fortemente e deixando as sarar com o sangue que as transborda.

Tudo fica mais sereno a cada segundo é mais leve melhor, custa? Sim, mas agora é só uma formatação, um design das asas, fica mais leve, melhor. E de um segundo para o outro a dor desparece apenas sinto alguém me puxar para cima e dizer-me, "agora sim estamos a viver", eu sabia que estava morta, mas tinha nascido num mundo muito mais pacífico que me levaria a calma que acho que sempre merecia. Sabia que aquela pessoa que me guiava, eu simplesmente parei-a e beijei-a eu amei noutra vida e amo-a agora ainda mais, este mundo é livre do mal e faz me quer ser ainda mais pura, porque descobri o amor próprio, quem era.

WhatsApp Image 2017-07-27 at 19.41.56 (2).jpeg

 Beijinhos da Only one Girl

07
Ago17

Sobre as nuvens e as estrelas

O céu envolvia-te, sobre as nuvens e as estrelas, cantavas e sonhavas e eu amava-te, como sempre o fiz. O sol sobrevoava-te e sorrias quando a lua se aponderava sobre ti, choravas e as estrelas apareciam e a tua força voltava, tu sabias que eras forte, porque a tua imensidão de luz iria ofuscar as nuvens que te apoiam, iria haver uma harmonia de cores no céu estrelado, que começava por ti, a natureza estava a fluir com o teu sangue. Tu davas lhe alimento e ela puxava-te a vida, vivias e sobrevoavas pelas nuvens, e quando o céu estava sem nuvens tu descias a terra, deixavas-me tocar, deixas-me ser teu, eu amava-te e esperava sermpre por cada dia sem nuvens. 

Sabia que mesmo assim sem as nuvens ou com elas, tu pertencias a natureza e não a mim, ela precisava da tua garra da tua vida eu compreendia, afinal apaixonei-me pela deusa, pela minha deusa, pela deusa da terra e do mar. Sonho contigo e fito o céu estrelado, a espera que a harmonia acontença, depois do céu estar tudo escuro só com a imensidão da cor da luz. Que te assombra, que choras, choras o que perdeste, quem perdeste. Choras o teu passado, o teu presente e o teu futuro, porque o amor está contido em ti, e eu não queria mais nada. Mas tu não me podes ver e tocar quando queres. Já tu...

Tu estás sempre lá, quando eu preciso, quando eu preciso que as nuvens abanonem os céus, o sol apenas ganha e tu tocas-me e tudo em mim fica bem, porque tu és o meu anjo da guarda, és a pessoa que eu mais amo, não percebo como amei-te tanto, amo e amarei, porque sei que estes três modas verbais vão prevalecer na minha vida, porque um amor, uma paixão pura, pertence a almas gémeas, eu pertenço a tua alma, como tu pertences a natureza, admiro-te tanto a tua força o teu amor, a tua garra.

A tua coragem...

Image by Veronica ❥

Beijinhos da Only one Girl

04
Ago17

Amor Proibido #2

*Não se esqueçam que há um Q&A no blog, quem quiser participar vá a este post, muito obrigado :)* 

Mais um “Amo-te” pronunciado, mais um beijo e um abraço e a despedida assombrou-as duas, a noite já se encontrava sobre elas, já era tarde, para as duas, Rita simplesmente encontrou-o no fundo da rua e deu-lhe a mão, era isto que ela sabia que sempre iria acontecer, ela estava habituada, mas só poder abraça-la, ela poder ser dela por um tempo, dava lhe tudo, as rotinas continuavam, tudo continuava, as duas já eram mais que adultas, já tinham emprego as duas, sempre mantiveram a sua relação e todos od dias juravam que iria ser sempre, assim…

 Ela simplesmente sabia que era mais difícil, ter um amor, “preso”, numa pessoa que não tem um sentimento mutuo, mas acontece, se fosse para a vida toda, teria de ser, mas sabia que nunca iria a deixar, aquele sorriso, aquele olhar, por quanto mais lhe magoasse o seu destino era aquele, ela descobriu-o rapidamente, sem ninguém o dizer. O destino dela era ama-la mais que a sua vida, e simplesmente ser a melhor amiga dela. Ninguém tinha a culpa, o mundo as vezes funciona assim e ela sabia-o.

 Mas era tão bom quando ela a abraçava, quando riam as duas, quando simplesmente trocavam olhares, ninguém sabia da orientação dela, e nem ela própria sabia, ela só tinha amado assim uma pessoa, e aquele amor pertencia a uma pessoa, cujo o nome era Rita e com a ironia do destino, eram melhores amigas.

 Parece que simplesmente naquele olhar, naquele abraço de despedida, uma harmonia se criou e ela não conseguia parar o destino os seus sentimentos e ações, quando deu conta estava a beija-la, ela a principio não retribui-o, mas depois a harmonia criou-se, agarrou-a pela cintura, e poderia dizer que podia morrer, que estava tudo bem, já estava tudo bem, aquela harmonia, ela sabia que queria a sempre, mas naquele momento só a queria beijar mais um pouco e acarinha-la, o cabelo as costas. Ela retribuía a cada toque, e o que achava ser assim tão impossível virou possível.

 Foram de mãos dadas, e foram simplesmente ser felizes as duas, elas mereciam, nunca ninguém as tinha amado assim as duas, do que como uma e a outra amava-a cada uma delas, elas sabiam que se calhar os destinos que achavam ser os certos não o eram e não podiam estar mais felizes.

transferir (5).jpg

 Beijinhos da Only one Girl

02
Ago17

Amor Proibido #1

*Não se esqueçam que há um Q&A no blog, quem quiser participar vá a este post, muito obrigado :)* 

“Eu prometo-te irei sempre estar ao teu lado a abraçar-te”, ela acreditou nestas palavras tão fortemente que acabou por se magoar, como tudo na sua vida. Mesmo que a dona destas palavras, Rita, tenha-lhe prometido, ela caiu nas teias do amor proibido, já simplesmente não podia fazer nada. Apenas pronunciar, “Amo-te”, em segredo que a cada palavra pronunciada amava a completamente sobre tudo, nela, apaixonou-se por ela. Por cada olhar, abraço, o brilho dos seus olhos, todo nela era perfeito.

 Ela admirava-o tanto, falava dele com um carinho um amor que nunca falou de mais  ninguém, sabia que não podia sentir ciúmes, que tinha de ser a sua melhor amiga apenas e lhe dar os seus conselhos, mas quando percebeu que o brilho nos olhos dela, intensificava-se quando estava abraçada a ele, quando ele lhe beijava, como ela falava dele… Ela afastou-se, mesmo sem ela sabendo porque o que teria feito, mas ela já não aguentava mais, ele amava-a mais do que a ela própria, e não podia, por mais rapazes, nenhum substituía o brilho dos olhos dela, os seus sorrisos, os seus abraços… Os braços dela envolviam-lhe sempre que ela quisesses, que ela precisava, era uma verdade, ela mandava mensagens e mensagens, que simplesmente só podia ignorar…

 Ela estava feliz, e ela sabia que era a pessoa que menos podia lhe fazer sofrer, que tinha de lhe deixar ser feliz, mesmo que tivesse abdicar da sua própria felicidade…

 Ela sabia que só podia ser feliz, ope dela, com os lábios dela nos dela, mas sabia que isto era impossível, quando se reencontraram, os seus braços envolveram-na, nada mudara, a beleza dela continuava lá, ela não podia fazer mais nada do que abraçar-lhe pela cintura e ouvi-la, nada tinha mudado, ela continua ali para ela, mela também continuava…

 Mas há coisas, sentimentos, que as melhores amigas, tem de esconder, eu queria tê-la, mas preferia não a perder e ter com esta condição, podia expressar o seu amor, em cada olhar, em cada sentimento, estaria tudo bem por que ela simplesmente estava com um sorriso no rosto, aquele que ela sempre recordara.

tumblr_nm9tth3IJH1us40vto1_500.jpg

 Beijinhos da Only one Girl

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D