Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

How Everything Changed?

How Everything Changed?

21
Ago17

A minha perdição (...) As linhas da tua essência e alma escondida...

Vivias na ponta oposta da margem, mas estavámos mais que conectados, eras e sempre foste a minha perdição por entre as linhas da tua essência da tua alma escondida pelo teu corpo que tapavas. Apenas a tua cara se via, o sorriso aberto e luminoso, os olhos brilhantes que sempre se manteram e o teu cabelo puxado para trás. És linda, perdi-te por entre os sonhos que viajaram pela água límpida do oceano, do rio, os pensamento perderam-se sobre nós, o céu aponderava-se sobre a tua mente, tu viajavas pelo aquele telhado madeira que caía sobre a tua conexão com a luz luminosa que amavas, que pensavas e recordavas. Por aquele pôr do sol que se tornou a tua casa, eras tu e ele, nós sabíamos, a natureza corria te sobre as velas e as entranhas do teu ser. Queria recordar para sempre o teu sorriso, mas as nossas conexões perderam-se pela espessa natureza que se sobrepôs, por entre nós, e esquecemo-nos do nosso amor, da nossa amizade do que erámos...

Imagem relacionada

... E do que somos e seremos, relembrei-me de ti, 100 anos depois, 1000? Não sei mas eu sei bem que és tu, és tu que me lembras da nossa conexão perdida, que hoje novamente se conectou sobre os mares e oceanos, mas eu não consigo lembrar-me dos nossos momentos, do que se passou entre nós, lembro-me e sei bem que temos uma conexão forte sobre nós, parece que nós conhecemos a séculos, que somos eu e tu a mil anos, que nascemos pela conexão, pela natureza. Sobre os horizontes estrelados, tu e eu estavamos destinados a que o Sol e a Lua se abraçassem sobre nós. A convicção da natureza abençou-nos e reencontrou sobre aquelas ruas estreitas da antiga Lisboa. Os passos tiveram um poder sobrenatural e os nossos lábios estavam um sobre o outro, criando uma harmonia quente sobre o gélido Inverno de Lisboa. 

Resultado de imagem para fotos antigas tumblr namorados

Não sei se gostaram de post, digam me o que acharam, não sei se está com sentido ou não, mesmo...

Beijinhos da Only one Girl

05
Mar17

Serás a única que me poderás salvar.

Liberta-te, de ti, do teu coração, apenas livres segundos. Relembra as memorias, as minhas memórias e as tuas, por favor, só te peço isso. Liberta-te por escassos segundos e traz-me de volta, novamente, faz a nossa conexão, reviver... Liberta-te! Deixa o teu subconsciente te guiar, traz-me de volta!

Lembra-te... Que sempre te amei, lembra-te o que era para ti. Mesmo que te esqueças por algum tempo, faz com que eu volte, eu confio em ti!

A minha vida sempre esteve nas tuas mãos, é a conexão que nós liga que me faz viver, que me trás a vida, que me liberta-te deste sonho, és tu que tens esse poder... Fomos nós, no nosso presente que averiguarmos esta conexão... Não podes simplesmente esquece-la, é impossível, tu sentes-a, tens de a ir buscar, recorda-te de mim! Por favor!

És a única que me poderá salvar, e eu sou quem poderá salvar todos, com vocês ao meu lado...

Quem diria? Que um simples ataque de pânico nós revivesse está conexão...

Finalmente conseguiste, o mais difícil está feito.

Agora apenas encontra-me, encaixa tudo do que te libertas, e diz me o que sou para ti...

Estás palavras, as minhas palavras, fazem nós viver aos dois, eu luto por ti, como tu sempre lutaste por mim, sempre guardaste a nossa conexão, mesmo que apenas eu soubesse-a, que a reconhecesse-a que lutasse para que existisse.

Algo dentro de ti fazia-o, eu sei...

E continuas a ser a única pessoa que me consegue salvar, sempre serás...

 Faço vós um desafio, basei-me numa coisa, o que achas que me basei?

Dêm as vossas respostas nos comentários. 

Beijinhos da Only one Girl

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D