Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

How Everything Changed?

How Everything Changed?

19
Set17

Que nos reencontraremos novamente #1

Terror, escuridão, guerra sobrevoava por nós. Todo a nossa volta era um terror profundo que tínhamos de aguentar sem mais nada a dizer. Nenhuma palavra pronunciávamos sobre a guerra, mas todos sabíamos que mesmo que ela não existisse no ambiente existia dentro de nós, de mim, de ti... Tu não sabias era que eu via a luz para acabar com a guerra em ti, na tua capacidade de liderar, na tua bondade, na tua convicção. Tu eras um líder, do nosso povo, da terra do meu coração.

 Tu partiste, nada nós dizia que poderíamos voltar a ser ao que eras, que a frase, "que nos reencontraremos novamente", iria permanecer verdadeira, que irias beijar a minha face quando voltasses. Tu eras um guerreiro, eu era uma comandante, chamavam-nos aos dois líderes, mas tu qualificavas-te apenas como guerreiro. Eras-o, mas esqueceste-te que eras e és muito mais que isto. Tu tens uma personalidade, um coração, uma bondade! Nunca te esqueças disto, porque é a mais verdadeira das verdades que a minha boca pronunciou.

Tu beijavas-me por meio da noite todas as noites com um abraço, por meio de um beijo carregado de luz que me fazia a ver, que me fazia lutar. Mesmo quando te deixei foi para o nosso melhor, sei que ficaste a olhar por entre os horizontes e oceanos. Mas tu sabias que eu estava sempre contigo, que iria estar sempre pelos teus braços a abraçar-te.

Mesmo que tivesse mil amores, tu permaneceste do início ao fim, salvaste-me tantas vezes que só queria te beijar, mas eu tinha mais amores e tu a tua guerra interior contigo próprio que não era capaz de fazer-te esquecer. Éramos os dois a combater a guerra, sozinhos, mas muitos... E eu amei-te... 

Resultado de imagem para bellamy e clarke tumblr

Beijinhos da Only one Girl

 

02
Jul17

Será que ela continua a existir, será?

Antes... Simplesmente tudo fluía, sabia que palavras definir de acordo com os pensamentos que me vinham na mente, sabia conectar tudo em mim em relação ao que sentia, simplesmente. 

Agora? Não, nada se conecta, parece que para definir algo tenho de me concentrar, tenho de me concentrar a fazer tudo, focar-me, buscar inspiração e tentar juntas letras, palavras, frases. Conectar a minha cabeça, por uma escrita que antigamente existia, uma conexão, uma pessoa que antes existia... Mas e será que esta pessoa ainda existi? Será que ela ainda sabe dizer e juntar as palavras como antigamente era capaz? Será que ela ainda é a mesma pessoa, ela tem de ser obrigatoriarmente a mesma pessoa?

Esta pessoa tem medos, receios, inseguranças, muitas! Mas ela também sabe ser feliz, só tem de dar-lhe esta oportunidade, e só algumas pessoas sabem na dar. Não condeno ningúem, porque é culpa minha, eu deveria dar-me a conhecer as pessoas, exprressar o que sinto, falar, dar-me a conhecer, refletir o que sinto e o que tenho a ensinar. E a reter o que tem me a ensinar, eu ainda sou assim, só é preciso esforço, principalmente da minha parte, mas eu fecho-me, eu foco-me apenas em algumas coisas, apenas nas pessoas que gosto e no que gosto de fazer. Isolo-me é verdade.

Eu já não sei mais, se tenho algo para ensinar, se tenho algo para escrever para definir com as minhas palavras, ou se simplesmente este "dom", ou o que era desapareceu.

Definir palavras, conectar pensamentos, ligar-me ao que antes sempre me ligou, a escrita...

Será que ela continua a existir, será?

Beijinhos da Only one Girl

Resultado de imagem para obscuro tumblr

22
Jun17

Amor? Fraqueza?

Amor? Fraqueza?

Antónimos, sintónimos, em que relação estas duas palavras tem? Deverá existir em nós o que? O contrário de fraqueza ou o puro amor. Tantas vezes relacionamos o amor sobre fraqueza, em relação a não sermos fortes? 

O amor, move os mundos, e quem sente amor e luta para ele, tem tudo menos fraqueza. Porque tudo muitas vezes é dificil no amor, admitir senti-lo, perceber que o sentimos, explica-lo, lidar com muitas vezes a dor (boa ou não) que ele nos provoca. Para mim, o amor não é uma fraqueza.

Resultado de imagem para the 100 clarke and bellamy

Amor, tanta coisa que sentimos e muitas vezes que nem reconhecemos que é amor, amor para salvar os outros, amor para proteger os que mais amamos, o amor existe em tanto sítio e em tantas situações.

*este post é um pouco insipirado numa frase da série The 100, eu sei que este post não está muito bom nem pequeno, mas espero que gostem muito.*

Beijinhos da Only one Girl

 

22
Dez16

O meu refúgio, apenas se fui, como deixei tudo ir...

Apenas estilhaços de vidros, sangue,como dor amparava naquela sala...

Sala está que era o meu refúgio de todos os dias, era a minha sincera casa de Inverno, Verão ou qualquer que fosse a altura do ano. Conseguia lá identificar e absorver os pormenores todos, sabia que mesmo que vendassem os olhos sabia o perfeito barulho que os meus pés faziam ao interagir com a madeira que cobria as falhas do cimento... Todos os meus sentimentos lá estavam presentes. Reconhecerá aquele sítio num dia sombrio, que nada apenas estava a correr bem, mas apesar daquela divisão ser tão mas tão sombria. A minha mente interpretou-a com uma cor diferente, não existe essa cor, por isso, deixou de ser apenas uma cor, mas sim a cor... A cor que simbolizava a minha vida, o meu ser livre. Todo isto foi ao encontrar o lugar certo, o lugar que me proporcionava tudo isso. Poder-me refugiar de todas as palavras dirigidas a mim, de todos os pensamentos que por mais que não saíssem da suas mentes me atordoavam mais, do que palavras proclamadas em voz alta... Agressões, todo... Era o sítio onde encontrei a magia da vida, onde podia simplesmente voar e ser livre, eu apenas eu e a harmonia da casa sombria mas que de um certo sentido era minha...

Quando por mais um noite como tantas as outras, mas com algo diferente, estava do mesmo modo, como estava na noite que encontrei aquela divisão perdida... Percebi logo, que a sala não estava igual. Mesmo sem lá entrar, algo insignificante ou não me transmiti está sensação... Mas, quando lá entrei tudo piorou, via tudo o que o meu interior estava a prever. Vi o meu refúgio a ser torturado pelas minhas memórias em primeiro lugar, Um lugar em quem confiará tudo ficou assim... 

Era apenas o sítio certo, onde tudo ou nada poderia acontecer, perdi-o como perdi tudo na vida...

Sou uma desleixada! Deixo tudo voar das minhas mão, tudo o que tinha evaporou-se completamente...

Agora deixo-vós uma pergunta, do que acham que estou a falar, de que sítio e que realidade?

Este textos veio-me a mente, não sei se está muito bom...

Resultado de imagem para sítios sombrios tumblr

Beijinhos da Only one Girl

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D