Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

How Everything Changed?

How Everything Changed?

11
Set17

Apaixonei-me porque amar-te é dizer pouco...

Os dois éramos tão diferentes, éramos tão distantes, naquela turma, eu levantava o dedo a cada questão posta. Estava sempre naquele lugar naquela terceira mesa á frente, a registar cada palavra, cada afirmação e contexto dito. Tu, tu estavas nas profundezas do teu ser a navegar. Pelos teus pensamentos, os teus fascínios, os teus sentimentos, eras tão sombrio mas tão apaixonado, (eu sabia que em ti havia bondade e não enganei-me...) Podias ser quem quisesses, mas gostavas que as pessoas vissem-te como um bad boy.

Para mim? Tu podias-o ser a vontade, mas não convencias-me que o eras, eu via um rapaz doce e amável eu apaixonei-me por este rapaz. Tu podias não apaixonar-te porque era, uma vez uma pessoa e outro dia ser a mesma (totalmente diferente). Parecia que sentias que era sempre a mesma pessoa. Nada associava-me, nenhum estilo por isso experimentava cada dia um, afinal não somos livres? Algo dizia-me que tu sabias quem eu era, por de trás da tua defesa.  Descobriste a minha essência mesmo antes de eu a descobrir, se calhar era mesmo isto o amor.

Quando pegaste na minha mão, olhaste bem para os meus olhos eu soube exatamente que podia ser quem eu queria e desejava, o que quisesses e tu sempre apoiarias-me. Foste a minha luz quando pareceu tudo escuro. Foste quem sempre esteve lá por entre aquela câmara, aquele toque ou aquele carinho a dizer-me, "tudo está bem!".

Pensava que o amor verdadeiro, era apenas uma farsa que nunca iria o descobrir, que não o merecia. Que aquele amor de contos de fadas era apenas nos livros, naquelas longas páginas com palavras descritas que ele existia. Cheguei a tentar-me convencer que o amor não existia, que ele era falso e ganancioso. Será assim tão cliché dizer que apaixonei-me por o que a cada dia foi descobrindo em ti, não apaixonei-me por ti por seres popular ou outra coisa, apaixonei-me porque amar-te é dizer pouco...

friends #3-horz.jpg

É um texto assim um pouco diferente e menos "bonito" do que costumo fazer, mas acho que retrata um amor de uma forma menos artificial, verdadeira e simplesmente fácil de perceber.

Ainda assim, espero que gostem,

Beijinhos da Only one Girl

 

 

4 comentários

Comentar post

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D